terça, 14 de agosto, 2018

Em Feira de Santana, Angelo Coronel prega demissão do presidente da Petrobrás e renúncoa-já de Temer

Presidente da Alba diz que governo é insustentável e que país vive situação de caos O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, Angelo Coronel, participou na manhã de hoje (28.05), ao lado do governador Rui Costa, do ex-governador Jaques Wagner, do prefeito de Feira, Colbert Martins e do secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, da inauguração da Policlínica Regional de Feira de Santana. Mais uma vez, Coronel falou sobre a crise dos combustíveis no Brasil, com o locaute do transporte rodoviário. “Viajei pela BR-324 e não vi uma só carreta na pista. Ou seja, as concessões que o presidente Temer fez não surtiram efeito algum. Não há bloqueios, mas a paralisação continua. Só vamos ter uma solução para o problema com a demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente, e a renúncia imediata de Temer. Carmem Lúcia, presidente do Supremo, deveria assumir o Executivo e comandar o país para as eleições de 7 de outubro”, prega Coronel. Para o presidente da ALBA, a situação é de desgoverno. “Ainda não foram calculadas as perdas desse locaute, mas é de bilhões de reais. Tudo por causa de um governo incompetente, que só sabe administrar – e muito mal, ressalte-se - crises no Congresso. Quando a crise é real, nas ruas, como é essa, você vê um governo perdido, batendo cabeça, que sentou para negociar com gente que não representa nem 10% dos caminhoneiros. E isso aumenta, em muito, a gravidade do problema. Quem representa, de fato, os motoristas? Quais os grupos políticos que estão por detrás deles? A extrema-direita, os defensores de um novo golpe militar?”, questiona o chefe do Legislativo estadual. Angelo Coronel diz que Michel Temer e o presidente da Petrobras, Pedro Parente, devem ser processados por crime de responsabilidade “pelo leite que está sendo derramado, pela carne que está apodrecendo, pelos animais que estão morrendo sem ração”. “Irresponsavelmente, com o aval de Temer, ele privilegiou o lucro de uma minoria de acionistas em detrimento da maioria da população. As imagens chocantes de filas quilométricas nos postos, supermercados vazios e racionados, caos no trânsito, transporte público parado e hospitais sem medicamentos é o retrato acabado de um país de pernas pra cima, desgovernado”, critica Angelo Coronel. POLICLÍNICA DE FEIRA O presidente da ALBA, ao lado do governador Rui Costa, hasteou a bandeira da Bahia e descerrou a placa de inauguração da Policlínica Regional de Feira de Santana, que recebeu investimentos de R$ 24 milhões, e que vai atender, através de 14 micro-ônibus, os moradores de 27 municípios consorciados: Amélia Rodrigues, Anguera, Antônio Cardoso, Baixa Grande, Candeal, Capela do Alto Alegre, Conceição do Jacuípe, Coração de Maria, Feira de Santana, Gavião, Ichu, Ipecaetá, Ipirá, Irará, Nova Fátima, Pé de Serra, Pintadas, Rafael Jambeiro, Riachão do Jacuípe, Santa Bárbara, Santanópolis, Santo Estevão, São Gonçalo dos Campos, Serra Preta, Tanquinho, Teodoro Sampaio e Terra Nova. A unidade de Feira vai oferecer consultas em até 18 especialidades diferentes, além de exames como ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, ecocardiografia, eletroencefalograma, endoscopia, colonoscopia, entre outros. A manutenção da Policlínica Regional de Saúde será custeada pelo consórcio dos municípios, que assume 60% dos custos mensais, e o Estado, com o pagamento de 40% das despesas. “Esta é a quinta policlínica inaugurada por Rui, depois de Teixeira de Freitas, Guanambi, Irecê e Jequié. Além desta obra portentosa, o governador ainda anunciou investimentos de R$ 25 milhões para a construção do novo Hospital Geral Clériston Andrade 2. Trata-se de uma verdadeira revolução na saúde da Bahia o que está fazendo Rui Costa e o seu secretário Fábio Vilas-Boas. E os frutos dela vão começar a aparecer daqui pra frente, com certeza”, destaca Coronel. Ainda em Feira, Coronel e o governador Rui Costa entregaram 52 viaturas para a Polícia Militar, sendo 36 veículos para Ferira de Santana, distribuídas entre as 64ª, 65ª, 66ª e 67ª COM; e 16 viaturas direcionadas para os municípios de Capim Grosso, Ipirá, Riachão do Jacuípe, Itaberaba, Araci, Serrinha, Irará e Santo Estevão. CORAÇÃO DE MARIA No período da tarde, em sua terra natal – Coração de Maria - o presidente Angelo Coronel cumpre agenda de assinaturas de ordens de serviço, também ao lado do governador Rui Costa. As obras determinadas pelo Governo do Estado, representando investimentos de pouco mais de R$ 700 mil, irão beneficiar, com sistemas de abastecimento d‘água, as comunidades do Zabelê, Neto, Mendes, Terra Vermelha, Furnas, Carrapato e Carvalho - município de Coração de Maria. Serão também entregues 1.100 certificados do Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais para agricultores do município. O governador também visita as instalações do Hospital Angelo Martins. FOTOS: VANER CASAES Em Feira de Santana, Angelo Coronel prega demissão do presidente da Petrobrás e renúncoa-já de Temer Presidente da Alba diz que governo é insustentável e que país vive situação de caos O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, Angelo Coronel, participou na manhã de hoje (28.05), ao lado do governador Rui Costa, do ex-governador Jaques Wagner, do prefeito de Feira, Colbert Martins e do secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, da inauguração da Policlínica Regional de Feira de Santana. Mais uma vez, Coronel falou sobre a crise dos combustíveis no Brasil, com o locaute do transporte rodoviário. “Viajei pela BR-324 e não vi uma só carreta na pista. Ou seja, as concessões que o presidente Temer fez não surtiram efeito algum. Não há bloqueios, mas a paralisação continua. Só vamos ter uma solução para o problema com a demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente, e a renúncia imediata de Temer. Carmem Lúcia, presidente do Supremo, deveria assumir o Executivo e comandar o país para as eleições de 7 de outubro”, prega Coronel. Para o presidente da ALBA, a situação é de desgoverno. “Ainda não foram calculadas as perdas desse locaute, mas é de bilhões de reais. Tudo por causa de um governo incompetente, que só sabe administrar – e muito mal, ressalte-se - crises no Congresso. Quando a crise é real, nas ruas, como é essa, você vê um governo perdido, batendo cabeça, que sentou para negociar com gente que não representa nem 10% dos caminhoneiros. E isso aumenta, em muito, a gravidade do problema. Quem representa, de fato, os motoristas? Quais os grupos políticos que estão por detrás deles? A extrema-direita, os defensores de um novo golpe militar?”, questiona o chefe do Legislativo estadual. Angelo Coronel diz que Michel Temer e o presidente da Petrobras, Pedro Parente, devem ser processados por crime de responsabilidade “pelo leite que está sendo derramado, pela carne que está apodrecendo, pelos animais que estão morrendo sem ração”. “Irresponsavelmente, com o aval de Temer, ele privilegiou o lucro de uma minoria de acionistas em detrimento da maioria da população. As imagens chocantes de filas quilométricas nos postos, supermercados vazios e racionados, caos no trânsito, transporte público parado e hospitais sem medicamentos é o retrato acabado de um país de pernas pra cima, desgovernado”, critica Angelo Coronel. POLICLÍNICA DE FEIRA

Publicidade Baixo Internas
Nublado26° Cterça, 14 de agostoSalvador, BA76%17 KM/h