domingo, 16 de junho, 2019

JOSÉ IGNÁCIO VAI ABRIR A EXPOSIÇÃO “DENTRO DO MATO, NA BORDA DO MAR” NA CAIXA CULTURAL SALVADOR

Artista chileno de alma baiana, José Ignácio retorna ao Brasil após quase duas décadas de andanças pelo mundo. E é a Bahia, espaço onde se formou quando criança e adolescente, que recebe sua exposição, "Dentro do Mato, na Borda do Mar", com data de abertura para o dia 12 de março (terça-feira), na Caixa Cultural Salvador, localizada na Avenida Carlos Gomes, com entrada franca. A exposição terá início às 19h, com um coquetel de lançamento que contará com a presença do artista e da curadora Alejandra Hernández Muñoz, arquiteta uruguaia que reside em Salvador desde 1992, Mestre em Desenho Urbano, Doutora em Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura da UFBA e professora permanente de História da Arte da Escola de Belas Artes (EBA/UFBA). Filho de pais cubanos, são de Salvador as primeiras referências artísticas de José Ignácio, que vieram dos trabalhos de Carybé, Mário Cravo e Hansen Bahia, dentre outros. Mas é do mundo a concepção cosmopolita do artista, que se formou em Arquitetura nos Estados Unidos e também viveu em países como Dinamarca, Finlândia, México e Panamá. Agora, retornando com uma exposição inédita para Salvador, ele vai mostrar ao público a medida das influências na sua paleta. Mas é fato que os coqueirais, bambuzais e paisagens que habitam seus quadros acendem o imaginário baiano como fonte inicial. Pinceladas de verdes e azuis insinuam troncos, folhas, céu, água, luz e mar em um tempo fragmentário e eterno, capturado em seu momento de esplendor instantâneo – como encontramos em cada pôr do sol. José Ignácio pinta como sempre o fez. Estira suas telas com atos de coragem. E respira e inspira o puro oxigênio da sua arte. Se o mundo é a sua casa, a Bahia é sua benção. A exposição "Dentro do Mato, na Borda do Mar" ficará em cartaz até o dia 07 de abril. Incentivo à cultura A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências. A CAIXA Cultural Salvador foi inaugurada em 1999 e se situa em prédio datado do século XVII. O espaço já abrigou diversas organizações, como a Casa de Orações dos Jesuítas, e nele já trabalharam personalidades como Glauber Rocha, Caetano Veloso e Lina Bo Bardi. Após ser tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e restaurada pela CAIXA, a Casa hoje oferece ao público duas galerias de arte, um anfiteatro, um salão para espetáculos, uma sala para eventos e uma sala de oficinas. Serviço: DENTRO DO MATO, NA BORDA DO MAR Local: CAIXA Cultural Salvador (R. Carlos Gomes, 57 – Centro) Abertura e visita guiada com os curadores: 12 de março de 2019, às 19h Visitação: de 12 de março a 07 de abril de 2019 Horário: de terça a domingo, das 09h às 18h Entrada Franca Classificação indicativa: livre para todos os públicos Acesso para pessoas com deficiência Informações: (71) 3421-4200 Patrocínio: CAIXA e Governo Federal Informações à imprensa: Total Comunicação www.instagram.com/totalcomunicacaointegrada Tamyr Mota 71 3022.3014 :: 71 99921.1072 Alameda Salvador, 1057 - Salvador Shopping Business, Torre Europa, sala 2205. Caminho das Árvores - Salvador - Bahia

Publicidade Baixo Internas
Parcialmente Nublado28° Cdomingo, 16 de junhoSalvador, BA62%17 KM/h