segunda, 21 de outubro, 2019

Leila Brito e Geraldo Leite receberam do Rotary Club da Bahia, equipamentos para diagnosticar tuberculose em pessoas que vivem nas sarjetas e tratá-las.

Agora a Bahia conta com a primeira unidade destinada exclusivamente ao diagnóstico de pacientes com tuberculose que que vivem pelas ruas, sem apoio da saúde pública, porem trabalhando como catadores de material reciclável.

A unidade dispõe de sala com raio X e estrutura de coleta de material para teste rápido de tuberculose, realizado no laboratório da Fundação José Silveira.

Publicidade Baixo Internas