sábado, 30 de maio, 2020

A diferença entre Judas e Moro: O povo explodiu e queimou Judas, enquanto que, Moro por se só, se explodiu, e se queimou por sua boca

 

Costuma-se explodir um Judas no mês de junho, para relembrar que um dia Judas traiu Jesus. Ora, só porque Judas traiu um só, no caso, Jesus, foi explodido e queimado. Imagine de que é digno uma pessoa que trai, não a um só, mas a três, a Jesus, a alguém que está acima dele na hierarquia, e ainda à sua Pátria. Vale apena salientar que, explodir aqui, não é pipocar como bomba, mas, é fazer como Moro fez com ele mesmo, ele se explodiu, ele mesmo se queimou, através de uma traição sem cabimento, planejada, macabra, hedionda e lúgrube.

Disse Paulo em 1Timóteo. 6;10.O amor ao dinheiro, é a raiz, é a base, é o fundamento de todos os males. O sábio e rei Salomão escreveu em Eclesiastes 5;10. Quem ama o dinheiro dele nunca se fartará, sempre vai querer ter mais e mais. Podemos ter dinheiro nos bancos, nos bolsos, nos cofres, mas não devemos deixar a fama e o dinheiro subir para nossa mente, deixar o dinheiro subir para mente, é se candidatar precocemente para perder o juízo.  

Diz a bíblia que os soldados romanos deram uma grande soma de dinheiro aos coveiros para que eles dissesse que roubaram o corpo de Jesus, afim de invalidar a ressurreição do mestre. Toda essa miséria, toda essa guerra quem vem acontecendo na Praça dos Três Poderes, não é por outro motivo, se não porque causa do amor, por causa do apego ao dinheiro.

Publicidade Baixo Internas