quarta, 24 de abril, 2019

Veja as mudanças que o governo Bolsonaro está fazendo acontecer, e ore por ele.Clique...

Fatos e atos pós 31/01/19
Grupo de partidos mais alinhados ao governo comandará 15 dos 25 colegiados temáticos da Câmara; PT perde liderança das oposições
Bloco do PSL domina comissões e isola esquerda na Câmara
Renan, escurraçado da presidência do Senado.
...
Mais em um mês do que nos 16 anos de pt/pmdb!
Um mar de boas notícias - esse é o verdadeiro motivo de tanto mimimi.
Os que torcem contra o Brasil, piram!!
Fatos e atos até 31/01/19
Índice de confiança ao consumidor avança para 93,6 pontos;
Índice de confiança do Empresarial avança para 98 pontos;
A energia eólica segue se expandindo e já ultrapassa a geração a gás natural;
Quatro escolas públicas do Distrito Federal vão passar a ter modelo militar já no começo de fevereiro;
Cinco são presos por rompimento de barragem;
PF prende acusados de desvio de verbas de fundos de pensão;
Governo quer garantir o direito das famílias de ensinarem os filhos em casa;
Contas públicas têm déficit menor do que o esperado;
União cria regras para a estabilização das dívidas dos estados;
Governo determina fiscalização imediata de todas as barragens do país;
O Ministério da Economia e o Ministério do Desenvolvimento Regional disponibilizaram R$ 801,9 milhões para assistência às famílias afetadas em Brumadinho;
...
Deputada catarinense Ana Campagnolo tem vitória no Tribunal de Justiça de seu Estado - ela poderá usar seu gabinete para receber denúncias sobre professores que fazem proselitismo político;
PGR vê indícios de práticas criminosas em investigação sobre Aécio;
Após 3 anos, país volta a criar empregos com carteira assinada, maior desde 2013;
Ministro Veles deixa de nomear reitor petista em Minas;
Alfabetização e ensino domiciliar, são metas do governo;
Propina era paga para ocultar pesquisas negativas contra o PT, diz Palocci.
Em acordo de delação premiada, Palocci disse que um acerto de propinas com a empreiteira Andrade Gutierrez bancou pesquisas eleitorais para o PT em 2010;
Jean Willys sai do Brasil e deixa de ser deputado;
Palocci sobre lula: &39;90% das medidas provisórias editadas nos governos Lula e Dilma tinham propina&39;; &39;A maior parte das doações oficiais de empresas, registradas no TSE, eram na verdade propina&39;; &39;Temer, Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves superfaturaram um contrato de US$ 800 milhões na Petrobras&39;; &39;Em reunião de 2010, Lula, Dilma e Sérgio Gabrielli acertaram propina por meio da construção de sondas&39;; &39;3% do valor dos contratos de publicidade da Petrobras iam para o caixa do PT&39;...
Michelle Bolsonaro corta gastos nas residências oficiais;
Bolsa sobe e bate recorde pela 10ª vez no ano;
Moro vai busca restabelecer cooperação com Suíça para recuperar milhões desviados;
Confiança do comércio alcança a maior alta em cinco anos;
Confiança do empresário industrial atinge maior nível em mais de quatro anos;
O Ministro Santos Cruz anunciou o fim do contrato de R$30 milhões/ano com assessoria de imprensa internacional;
Governo devolve o brasão ao passaporte brasileiro;
...
Bolsonaro comemora cortes na área de comunicação do governo;
Ministro da Infraestrutura anuncia concessão de 3 ferrovias e prevê crescimento da malha ferroviária;
Guedes: Taxação sobre empresas deve baixar de 34% para 15%;
Bolsonaro é atração em Davos;
Presidente promete liderar ofensiva diplomática para acabar com ditadura na Venezuela;
Indígena vai presidir a Funai;
Referendo de posse de armas finalmente respeitado depois de mais de 10 anos.
Em delação Palocci, depois de entregar os podres do pt na lava a jato, esmiúça a roubalheira do pt nos fundos de pensão;
...
O ministro da Justiça expulsou 11 criminosos estrangeiros do país;
Governo economiza R$ 400 mil com carros blindados no plano de investimentos do GSI iniciado em 2017;
Justiça bloqueia R$ 76,1 milhões de Luiz Marinho do pt e mais 15 réus por suspeita de desvio de recursos do Museu do Trabalhador;
&39;Brasil pode atrair até US$ 180 bilhões em 2019’, diz presidente do Citi
Bolsonaro veta R$60 milhões de despesas no Orçamento da União;
Caixa deve parar, por hora, os patrocínios aos clubes de futebol;
Regras dos fundos de pensão estão sendo revistas;
TCU anula pensão de filhas “solteiras” casadas ou com emprego público;
...
Fatos e atos até 13/01;
Batiste deportado;
Bolsonaro sanciona lei que cassa por 5 anos CNH de motorista contrabandista;
Escolas terão que notificar Conselho Tutelar sempre que aluno ultrapassar 30% de faltas
Caixas-preta de instituições financeiras sendo investigadas;
Caixa-preta do sistema &39;S&39; será aberta o mais rápido possível e poderá sofrer cortes;
3 em cada 4 acreditam que o novo Governo está no caminho certo;
Globo &39;manda&39; Faustão voltar atrás. Programas doutrinadores saem do ar depois de boicote da direita opressora: já foram, Encontro, Vídeo Show, Amor & Sexo, Tá no Ar, Mais Você. Lacrou, não lucra!!
Caixa preta do BNDES sendo aberta;
Em delação Palocci, depois de entregar os podres do pt na lavaajato, esmiúça a roubalheira do pt nos fundos de pensão;
...
Venda de 80 mil bens do tráfico financiará polícias;
Brasil sai do pacto com a ONU que praticamente suspendia a nossa soberania de qualquer país e nem exigia o recebimento de um certo volume de estrangeiros;
Extinção da Valec empresa que "administrava" estradas de ferro fantasma no desgoverno pt, que deu um prejuízo de quase um bilhão em 2017;
Petrobras demite todos os diretores indicados durante o governo do PT;
Medidas contra a fraude no INSS podem gerar economia de 17 bilhões por ano para o Brasil;
Número de ministérios passa de 39 com dilma para 22 - cabides de emprego diminuem bastante.
Governo fará monitoramento e coordenação de ONGs.
Suspensão da suspeita transação de 45 milhões para criar uma moeda virtual para os indígenas.
Plano de saneamento da baía de Guanabara sairá da gaveta - um bilhão já reservado e não usado antes por incompetência;
...
O Brasil terá uma indígena como “Secretária Nacional”;
Bndes vai devolver bilhões pegos com a União;
Faxina no ICMBIO e IBF;
Fim de bolsas com viés ideológico;
Bancos públicos se enxugarão para devolver parte do que devem ao governo.
Vice-Presidência diminui de 140 para 65 o número de assessores.
Fim do conselhão;
Venda de imóveis da União;
Investigações nas ações do temer;
Demissão de petistas que inchavam a máquina pública;
Secretaria de Comunicação deve ter menos verba e pente-fino em contratos na publicidade do governo;
Auditoria nas loterias da Caixa;
Lançamento da nova marca pela internet economizando 1.4 milhão;
 
Publicidade Baixo Internas